* FAP: Empresas devem endereçar recursos ao Ministério da Previdência Social

As empresas que quiserem contestar possíveis divergências de informações de Comunicações de Acidentes de Trabalho (CATs) e de benefícios acidentários que compõem o Fator Acidentário de Prevenção (FAP) – multiplicador das alíquotas do Seguro Acidente de Trabalho (SAT) – devem encaminhar os processos de contestação por correspondência registrada, com aviso de recebimento (AR), ao Ministério da Previdência Social, no endereço abaixo.

A centralização no ministério do envio dos recursos visa facilitar o trabalho das empresas no encaminhamento de seus pedidos. As contestações já apresentadas desde o início de outubro serão enviadas ao Departamento de Políticas de Saúde e Segurança Ocupacional pelos diversos órgãos da Previdência.

A possibilidade de contestação foi determinada pela Portaria Interministerial 329/2009, dos ministros da Previdência Social, José Pimentel, e da Fazenda, Guido Mantega, publicada no Diário Oficial da União (DOU), de 11 de dezembro. O prazo de recurso, de 30 dias, começou a ser contado no dia 14 do mesmo mês.

As CATs e benefícios acidentários que poderão ser contestados são dos anos de 2007 (a partir de abril) e 2008. A nova metodologia do FAP começará a ser aplicada em janeiro de 2010 para 952.561empresas.

O julgamento das contestações terá caráter terminativo na esfera administrativa e observará as determinações do Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS), contidas nas Resoluções 1.308 e 1.309, ambas de 2009.

O MPS disponibilizará às empresas o resultado do julgamento das contestações, mediante acesso restrito, com uso de senha pessoal, no portal do ministério e, mediante link específico, na página da Secretaria da Receita Federal do Brasil.

A portaria também prevê que, se o julgamento da contestação resultar FAP inferior ao atribuído pelo MPS, em razão dessa redução os valores serão compensados no recolhimento da Previdência nos meses seguintes.

  • Ministério da Previdência Social
  • Departamento de Políticas de Saúde e Segurança Ocupacional
    Esplanada dos Ministérios, Bl. F, Ed. Sede, 7º andar, sala 723
    Brasília – DF
    CEP: 70059-900

    3 Responses to * FAP: Empresas devem endereçar recursos ao Ministério da Previdência Social

    1. Joaquim Quincas disse:

      Boa noite!

      Em primeiro lugar, gostaria de parabenizar o site pelas informações prestadas, saiba que são de grande valia!

      Tenho uma dúvida em relação ao recurso do FAP. O prazo do dia 11/01 é para a postagem ou para entrega da correspondência no Ministério.

      Gostaria de saber também se vocês possuem algum modelo para esta Contestação. Caso positivo, peço a gentileza de encaminhar por e-mail, pois não tenho idéia de como fazer este recurso.

      Desde já agradeço.

      Joaquim.

    2. gino disse:

      Por favor você teria algum recurso administrativo de B91 solicitando que o nexo técnico não seja aplicado porque a doença não foi contraida no trabalho?

      • Patricia Garcia disse:

        Olá,

        Desculpe a demora, mas estava de férias.
        Quanto ao recurso solicitado, não tenho este específico, te sugiro a procurar um advogado, com experiência previdenciária.

        Abraço

        Patricia Garcia

    Deixe uma resposta

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    %d blogueiros gostam disto: